Do tipo foi mal

…tou te falando! Não sabia que ia pesar tanto. Quer dizer, que que tinha lá dentro? Umas frutas, verduras. Verdade, pô! Sei lá, acho que tinha carne também. Isso, tinha carne, tinha filé de frango. Aliás, filé de frango e peito de frango, porque eu sabia que queriam fazer filé, tinha ouvido aí, só que na lista só tinha assim: “peito de frango”, aí não sabia o que comprar, né?, e comprei os dois, peito de frango e filé de frango. E comprei carne moída também. O cara mó comédia, fui comprar carne moída e ele perguntou “carne de primeira ou de segunda?”, hahahaha, morri de rir. Pô, que fanfarrão, achando que eu ia comprar carne de segunda lá pra casa. Me matam. Mas voltando, tinha carne que pesava à beça. Verdura até que não pesava, não, só umas abobrinhas e umas berinjelas, mas até aí tranquilo. O problema era as frutas. Pô era tudo fruta que pesava. Tinha melancia, abacaxi. Abacaxi além de pesar espeta. E do jeito que eu tava cheio de sacola do mercado, não deu outra, veio me picando a perna o tempo todo aquele saco de abacaxi. Olha, eu sei que era de um peso hercúleo. Sério, hercúleo mesmo. Podia pedir pra entregar, mas como não sou eu que sei o que que precisa levar, né?, tipo o que que é mais importante e tal, achei melhor levar no muque. Peguei um peso de cada lado, pá e pá, botei as sacolas assim nos braços, coloquei mais peso no braço direito, que é mais forte, não sou canhoto, pô, tou mais acostumado com o braço direito, aí vim vindo. Hercúleo, já te disse? Um peso hercúleo. Peso ou força? Sei lá, dá no mesmo. Sei que vim carregando, pô, pesado pa-ca-cete, aquele monte de sacola do mercado. Levantei o braço esquerdo pra trás das costas. Mó comédia, tava vendo meu cotovelo na altura do olho, só o cotovelo, e fiquei pensando o que devia ser viver sem braço. Não, isso não é a comédia, a comédia foi ver meu cotovelo na altura do olho, só o cotovelo, já me imaginei com aqueles bracinhos curtos, lembrei do tio-Roy-braços-curtos da Família Dinossauro, morri de rir. Aí pensei que não deve ser engraçado ter braços curtos, ou braços pela metade, aí as compras pesaram mais e parei de rir, que sem graça, peso hercúleo. Sei que tive que puxar o braço direito assim pra cima também, pra trás das costas, UUUAARRGHH!, mó força que fiz, quase peidei. Sério, ri não, quase peidei. Hercúleo. Aí fui levando até não dar mais. Parei um pouquinho, descansei, pus nas costas de novo e pow, fui levando. Caraca, mu…ito peso. Só sei que teve uma hora que não deu pra levar mais assim por cima, foi no momento que fiquei pensando quanto devia valer a Normal assim naquelas sacolas, tá ligado?, e devia valer muito, porque minhas mãos só ficaram segurando as sacolas assim, tipo que segurando a gravidade, entendeu? Pá, os braços ali, segurando aquele peso. Aquilo já não era hercúleo, era atlântico. Peraí, o que vem de Atlas é atlântico? Ah, sei lá. Eu tava carregando um mundo. Ainda tive que ir desviando de umas lamas no caminho, sabe como é, choveu ontem pa-ca-cete. Aí vim vindo e tal. Consegui chegar lá em casa, com aquele peso todo. Toquei o interfone, que eu tava sem chave e o porteiro não tava lá. Pô, acredita que assim que cheguei, quase tudo certo, um passarinho cagou na minha cabeça? Pô, no FINALZINHO? Aí achei sacanagem.

– Mas rapaz, te perguntei da redação. Cadê teu texto sobre mitologia?

– Pois é, fessor, aí é que tá. Não tou te dizendo? Esqueci.

Anúncios
Published in: on 14 de agosto de 2009 at 13:24  Comments (4)  

The URI to TrackBack this entry is: https://palimpsestoebrio.wordpress.com/2009/08/14/179/trackback/

RSS feed for comments on this post.

4 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Do caralho!

    Abraços!

  2. HAHAHAHAHA
    Vou mandar que a minha falecida cachorra comeu, não é tão criativo mas é mais curto. Ou melhor, minha gata gorda, ainda viva, comeu. Ela é gorda, come tudo mesmo, redação não seria muito dificil pra ela digerir, deve até ser gostoso aquele mix de papel, grafite e um pouquinho de caneta. delícia.

  3. Demais!!!!!! hahaahaha
    Adorei!

    Beijos.

  4. Caraaamba !
    A-DO-REI !!!
    Ri bastante aqui .
    Lembrando-me de um dos textos do aeroporto, realmente percebo que você tem certo feitio pra textos … cômicos .
    Ou foi só eu que achei .
    De qualquer forma, por favor, continue !

    Beijos !

    pS: Conhece Jackson Five, o Motoboy, do Marco Luque ? Esse texto me fez lembrar muito dele … O que me fez rir mais ainda . ;D


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: